Moda através das décadas: E a moda atual?

24-04-2015
Postado por Nuta

Depois de viajar no tempo com a moda desde os anos 60 até o início dos anos 00 no nosso especial “Moda através das décadas” chegamos no nosso momento atual para encerrar a série! O que estamos vivendo agora? E o que podemos esperar da moda atual?

honey-pie-futuro-da-moda-slow-fashion

Eu diria que a moda vive um momento de adaptação para um futuro com mudanças realmente reais e até políticas (acredite, a moda também tem muito a ver com isso). Depois de passarmos pela febre das tendências do início dos anos 00, e com isso vermos que consumimos peças dos mesmos lugares, das mesmas referências, que as pessoas que fabricam moda assistem as mesmas palestras do líder mundial de previsão de tendências, percebemos que recebemos tudo mastigado. Não tem criação, nem inspiração. Só produzir e vender, vender e vender. Essa aceleração do mercado, produzindo mais e mais, deixando um pouco de lado a qualidade das peças e principalmente a qualidade de mão de obra, muita vezes escrava, faz sentir uma vontade de desacelerar. E assim surgiu o movimento do slow fashion, uma nova forma de consumir moda.

honey-pie-futuro-da-moda-na-hp

Na contramão da produção de roupas massivas e de baixa qualidade, o slow fashion defende a criação de peças atemporais, feitas à mão, com tecidos naturais e duráveis além da produção em baixa escala e em locais que funcionam mais como ateliês do que como indústrias. Aqui no Brasil, temos orgulho de dizer que a Honey Pie é uma dessas marcas.

Mas nós não estamos só preocupados em desacelerar. A outra busca dessa década é a liberdade real para vestir o que quiser, sem distinção de gêneros. O nome desse movimento é Gender-bender, que tem a ver com a ruptura dos estereótipos sobre as formas tradicionais de gênero, para que as linhas que definiam o masculino/feminino terminem. Já vemos esse movimento ganhar força nas passarelas, principalmente nas internacionais, mas o varejo tem um timing diferente e geralmente precisa de um tempo maior que as passarelas para incorporar mudanças de comportamento. Mas dois exemplos recentes de importantes lojas internacionais mostram que o gender-bender tem, sim, potencial para transformar a forma como consumimos moda no futuro. O primeiro deles foi o catálogo de Verão 2014 da Barneys, que trazia 17 modelos transgêneros e contava a história pessoal de cada um no site. Já a inglesa Selfridges realizou neste ano, inédito Agender, projeto que propõe uma nova experiência de compras sem a divisão das peças em seções masculinas e femininas.

honey-pie-futuro-da-moda-sem-gênero

Passar da já famosa androginia, que teve início nos anos 70, para anulação total do “para meninas” e “para meninos” é um longo caminho. Mas acredite, está sendo traçado. Cada vez mais a gente observava que as pessoas não se importavam mais se era feito para o sexo masculino ou feminino, se elas gostam, elas usam.

honey-pie-futuro-da-moda-pessoas-influentes

Estamos vivendo a era da informação. Cada vez mais conectados, computadores (alow Siri) e robôs começam a fazer parte da nossa realidade, estamos multifuncionais. Todos criamos “pequenos mundos” aonde dividimos tudo, desde o que comemos, o que vestimos e o que estamos assistindo, tudo compartilhado nas infinitas redes sociais. Estamos vivendo uma era “sem privacidade” por livre e espontânea vontade. A maior referência de moda da atualidade é Kim Kardashian, uma mulher que teve e tem toda a sua carreira ligada a tecnologia e compartilhamento de informação. Não queremos só compartilhar nossas vidas, queremos ver a vida de todos, e por isso nosso momento atual, as estrelas de reality show possuem tanto poder. Tivemos o grande momentos dos blogs, e blogueiras viraram a maior fonte de informação e inspiração na moda. O feminismo também ganha força e temos a mulher mais poderosa do mundo do momento, Beyoncé se assumindo como uma. Com isso, temos outra revolução na moda, principalmente inclusiva em relação a todos os tipos de corpo.

honey-pie-futuro-da-moda-boho

Os anos 70 continuam sendo a década que mais inspira a moda nos dias de hoje, como podemos ver em eventos como o Coachella. E o movimento neo-hippie está em seu momento mais forte. As peças “handmade” e boho são as mais desejadas do momento, confortáveis e despretensiosas. O movimento neo-hippie tem muita criatividade musical, amor e comportamento livre.  Na moda abusa de materiais naturais, camurça, crochê e franjas.

honey-pie-futuro-da-moda-futurismo

Mas até quando? Algo me diz que essa realidade está perto do fim e que o normcore, outro movimento que ganhou força nessa década, vai ganhar cada vez mais adeptos junto com uma pitada de futurismo, que vai invadir não só a moda, mas também a arquitetura e decoração. Trazendo para os nossos dias o minimalismo, tecidos tecnológicos, materiais holográficos e prateados, cores neutras e modelagem diferenciada.

Gosto do que vejo e do que o futuro espera pra gente. Ainda acredito que essa década, será uma década de revolução.

Moda através das décadas: Como se inspirar na moda dos anos 00

22-04-2015
Postado por Nuta

Na nossa tag Moda através das décadas já teve post sobre os anos 60, 70, 80, 90 e agora sobre o começo dos anos 00!

No anos 00 a moda entrou na moda. O termo “fashion” foi adotado por todo mundo, envolvidos na indústria ou não, virando bordão para looks produzidos. O grande pano de fundo da moda dos anos 00 foi a música. Os artistas pop que surgiram no final dos anos 90 dominavam não só as paradas mas também ditavam o guarda-roupa dos jovens. O rock’n’roll virou produto, e seu estilo começou a ser usado por quem nem sempre ouvia o som. A Disney volta a mostrar todo o seu poder mas dessa vez, não com as crianças, mas com adolescentes, lançando seriados com protagonistas cada vez mais jovens, que logo viraram estrelas mundiais. O hip-hop americano vira status e se torna bem mais popular que o rock, o ritmo dos anos 90.

HP-anos-2000

Parece que foi ontem que Avril Lavigne usava gravata com looks de skatista, Britney Spears adorava boinas e Jennifer Lopez “forçava” o Google a criar a busca google imagens depois do sucesso do vestido Versace que usou no Grammy Awards, em 2000. Enquanto isso, David Beckham mostrava que homem gosta de moda sim e que se preocupa com roupa sim. O “boho” uma nova leitura do estilo hippie, ganhou fama e força e ninguém se vestia melhor que Nicole Richie, Irmãs Olsen e Sienna Miller.

Assim como os seriados eram a novidade quente dos anos 90, os anos 00 apresentam os reality shows, aonde as principais estrelas são pessoas comuns, começando a transformar em realidade a previsão de Andy Warhol dos anos 60, em que ele dizia que todos seríamos famosos por 15 minutos. As peças chaves foram as leggings, calças skinny, jeans com jeans, sapatilhas, microshorts, all star converse (que foi renovado em cores, estampas e tecidos diferentes (inclusive em couro), óculos enormes, balonés, estampa camuflada, boinas, peças com recorte, óculos de lentes transparentes coloridas, camiseta regata customizada, calças cargo, sandálias de tira, esmaltes em cores cada vez mais diferentes, a combinação calça + vestido e foi o auge dos cristais Swarovskys e a chegada definitiva da estética independente ao mainstream. O começo da popularização da internet e com ela, a velocidade da moda e das tendências ficou quase impossível de acompanhar. O que estava nas passarelas internacionais hoje, estava amanhã nas lojas de departamento.

HP-anos-2000-trend

A moda dos anos 00 foi o início das tendências e referências, sejam elas baseadas em décadas anteriores ou até mesmo em inspirações abstratas como a natureza, o tempo ou o espaço. Tivemos a releitura de peças e tecidos existentes desde o início do século. As tribos urbanas cresceram e se tornaram cada vez mais estéticas e menos filosóficas. Nomes de respeito ganham força na cena da moda nacional e ganham o mundo, como Alexandre Herchcovitch, Fause Haten e Isabela Capeto. Vimos Gisele Bündchen se tornar a modelo mais rica de todos os tempos e o início do culto às celebridades, como Paris Hilton, a patricinha mais famosa do mundo.

HP-anos-2000-na-honey-pieA década de 00 foi a época que tudo se tornou possível. Você podia ser gótico, hippie, emo, pop… o limite era sua criatividade. Moda virou negócio e dos sérios e uma boa carreira pra investir. O que acho mais legal e aproveitável desse tempo são as possibilidades. Tudo parecia possível nos anos 00, inclusive na moda. E mesmo um visual básico, ganhava toques de ousadia com customizações. Encontre suas inspirações lá na Honey Pie!

Moda através das décadas: Como se inspirar na moda dos anos 90

17-04-2015
Postado por Nuta

Pra quem ainda não sabe, comecei aqui a tag “moda através das décadas” pra gente entender um pouco mais sobre como chegamos aonde estamos hoje e também, porque o que acho mais legal na moda atual, é como a gente usa um pouquinho de tudo que já foi tão característico de algum período, sem perder a identidade. Hoje vou falar dos anos 90, que me arrisco dizer, é uma das décadas mais influentes no momento, já que o movimento normcore, ganha cada vez mais adeptos.

28-honey-pie-anos-90-1

A moda dos anos 80 era exagerada, extremamente colorida e com muitos acessórios. Por conta disso, os anos 90 tinham uma proposta totalmente reversa, já que foi a década do minimalismo. A ideia era trazer a simplicidade e o básico de volta. Mas de uma forma nada, nada careta. A modernidade começou como processo de eliminação: costuras mínimas, peso mínimo, detalhes mínimos. Nessa época, foram lançadas as famosas blusas segunda pele, que consequentemente colocaram a lingerie à mostra pela primeira vez. Com isso, a moda íntima ganhou destaque e lingeries foram criadas para serem usadas à mostra em diferentes materiais e cores. Uma peça que marcou essa característica da época, foi o sutiã cônico da Madonna, que nasceu pelas mãos de Jean Paul Gaultier e foi copiado pelo mundo todo. O look foi usado pela cantora durante a turnê Blond Ambition, que aconteceu em 1990.

28-honey-pie-anos-90-2

Entre as peças chaves dos anos 90 estavam: Vestido camponesa, camisa xadrez, tops que deixavam barriga à mostra, camisetas básicas, macacão estilo jardineira, blusa ou agasalho amarrado na cintura, tênis, inclusive com plataforma. Foi o início da forte influência dos  seriados na nossa cultura. O seriado Beverly Hills, 90210, que aqui no Brasil chegou com o nome Barrados no Baile, inspirou toda uma geração de meninas, que literalmente copiavam os looks. Ainda na TV da época existem outras referências, como a Clarissa e a Blossom, personagens que mesmo com peças básicas, tinham um estilo excêntrico, que encorajaram muitas meninas a serem elas mesmas e vestirem o que gostavam. Isso sem falar em Friends e sua it girl, Rachel.

28-honey-pie-anos-90-3

A música foi muito importante para essa geração. Não dá pra falar sobre a moda dos anos 90 sem mencionar o movimento grunge e a influência de nomes como Kurt Cobain e Courtney Love. Calças jeans surradas, camisas xadrezes, flanela, vestidos estilo “kinderwhore” e cabelos desgrenhados. Na maquiagem, lábios escuros como vermelho, vinho, marrom e preto ou tonalidades cor de boca e o companheiro fiel das mulheres, o delineador, eram algumas das características. Outros ícones fashion eram Winona Ryder e Drew Barrymore, que faziam sucesso tanto com seus filmes, quanto com seu looks. Sem dúvida nenhuma, as atrizes eram as it girls da época. E ninguém era mais referência de beleza e estética noventista do que Kate Moss.

No brasil, os anos 90 também foram marcados pelo Plano Collor, a abertura das importações nas mudanças econômicas, ou seja, o mercado de luxo ficou cada vez mais famoso e mais luxuoso. Também nos anos 90, a moda brasileira começou a ganhar evidência no mundo inteiro, estilistas e modelos brasileiras começaram a fazer sucesso no exterior.

28-honey-pie-anos-90-4

Os anos 90 foram marcados por dois movimentos super bem representados no cinema. Um, era super influenciado pelo o universo  pop, muito rosa, muito gloss, como em As Patricinhas de Beverly Hills (“Clueless”) O filme, lançado em 1995 tinha como protagonista outra musa da década, Alicia Silverstone interpretando Cher. No armário dela: Saia xadrez, coletes de tricô, saltos mary-jane, transparências, vestidos justos, curtos e de modelagem simples, veludo molhado, cintura alta, conjuntinhos e muita cropped! Quase tudo, Calvin Klein, a marca mais popular da década. O outro movimento era fortemente influenciado pela wicca e pelo grunge, que na telona ganhou sua leitura com o filme “Jovens Bruxas.” A história é em torno da vida da adolescente Sarah Bailey, interpretada por Robin Tunney, e que tem no elenco outra personalidade popular dos anos 90, Neve Campbell. Muito preto, meião acima do joelho, óculos de sol redondos, coturnos, elementos místicos, cruzes, crucifixos, gargantilhas de veludo e de plástico e um clássico da geração 90’s: A mistura de esmaltes: café com rebu.

28-honey-pie-anos-90-5

É impossível enumerar quantos elementos da moda dos anos 90 são tendência nos dias de hoje. Mas o que é mais legal de “roubar” da década é como a moda se transformou em uma forma de expressar sua personalidade e opinião. E também a valorização na qualidade dos materiais e acabamentos nas peças. E você encontra isso tudo na Honey Pie!

Moda através das décadas: Como se inspirar na moda dos anos 80

14-04-2015
Postado por Nuta

honey-pie-anos-80

Seguindo nossa tag da moda através das décadas, hoje é a vez dos anos 80. Uma década intensa e inovadora, principalmente em relação a moda, lançando tendências para todos os cenários culturais. A década de 80 também foi o início das mulheres empresárias, presidentes e em cargos que antes, só pertenciam aos homens. Foi a geração dos yuppies, os young urban professionals, profissionais que já estavam em altos cargos corporativos muito jovens, pela primeira vez na história.

Os terninhos e taillers de modelagem ampla refletiam a entrada da mulher nesse mundo competitivo. As modelagens eram amplas, com pregas e drapeados, porém, com cintura alta e bem marcada, que mostravam as curvas do corpo definido. Para marcar ainda mais a imagem poderosa desse universo, as ombreiras eram muito utilizadas e estavam presentes até em alças de sutiãs. Essa época é considerada o fim da era industrial e começo da era da informação. Quem reinava nas paradas e ditava moda era Madonna, assim como a atriz Brookie Shields e a super modelo Cindy Crawford.

honey-pie-anos-80-estilos

As tendências na moda estavam mais extravagantes do que nuca! Excesso de cores, drama, volume e extravagância em quase todas as composições, nas roupas, maquiagens e nos cabelos. Foi também nos anos 80, que surgiu a “geração saúde”, o culto ao corpo e a preocupação com a alimentação. As roupas de academia invadiram as ruas. Leggings, moletons, maiôs, polainas, meias coloridas e os sneakers, todos de cores vibrantes, estampados e nada era mais legal que praticar ginástica aeróbica. O estilo despojado foi ganhando cada vez mais força com o uso do jeans nas calças, shorts, camisas, macacões e saias. As calças de Lycra em cores fortes e sapatos de salto alto também são características da época, assim como bandanas, pulseiras e colares em grande quantidade, maxi brincos, calça baggy e semi-baggy, as sandálias de plástico e blusas de manga morcego.

Nos cabelos, muito laquê, fios enrolados, desfiados ou em camadas. Rabos assimétricos e no topo da cabeça. Na maquiagem, muita cor, com sombras fortes, olhos bem pintados e batons de cores vivas, como o vermelho, pink e marrom escuro.

honey-pie-anos-80-honey-pie

O que a gente pode aproveitar dos anos 80 é a liberdade de se vestir e investir em cores e modelagens ousadas sem medo! E se você quer apostar no visual, é claro, tem na Honey Pie!